comercial2.png

A receita recorde de mais de R$ 2 bilhões em 2014 será revertida em ações de ampliação para novas cidades do Estado

 

(Curitiba, março de 2015) Concessionária responsável pela distribuição de gás natural no Estado do Paraná, a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) investirá R$ 85,7 milhões em projetos, materiais e obras ao longo de 2015. De acordo com o diretor-presidente da Compagas, Fernando Ghignone, o investimento vai possibilitar a expansão da companhia. “A Compagas passa por um grande momento, com a construção de novos ramais de gás e projetos que serão dirigidos a diferentes regiões do Paraná. Esse expressivo valor de investimento irá permitir que o gás natural chegue a mais municípios no interior do Estado”. Em 2014, a empresa atingiu o faturamento recorde de R$ 2,03 bilhões.

 

Atualmente, a Compagas conta com mais de 700 km de rede de distribuição e atende a 14 municípios do Paraná, mas, de acordo com o diretor-presidente, o objetivo é que mais cidades paranaenses sejam atendidas pela rede de gás natural. A expansão no interior do Estado começa pelos Campos Gerais. Neste ano, as obras de ampliação da rede de distribuição na região vão receber um investimento de R$ 40 milhões. O projeto, que contempla os municípios de Ponta Grossa, Carambeí e Castro, está em ritmo acelerado e a previsão é que até o fim de 2015 esteja concluída a instalação de 41,8 km de rede, dos quais 33,2 km já estão instalados. No total, será construída uma linha de 75 km de dutos interligando os municípios e o investimento final ficará em R$ 82,4 milhões. Toda a extensão de rede dos Campos Gerais deve ser concluída ainda neste ano.

Entre as novas apostas no interior está a execução de projeto para atendimento aos municípios de Lapa e São Mateus do Sul. Na região do norte do Paraná, Rolândia vai receber um investimento de R$ 1,5 milhão destinado ao início da execução da linha tronco para atendimento ao município. “Apostar nessas regiões é dar a elas condições competitivas, e tenho a certeza de que os investimentos da Compagas levarão um grande avanço a esses municípios”, declara Ghignone.

Para os segmentos residencial e comercial, a Compagas também anuncia novidades. Em 2015, Ponta Grossa e Araucária irão receber investimentos nessas áreas. Em Ponta Grossa, o projeto começa a ser executado em setembro e irá contemplar um total de 6 km de rede de distribuição de gás natural, podendo atender a empreendimentos comerciais e residenciais. O investimento será de R$ 5 milhões até 2018. Já em Araucária, as obras começam em maio e o atendimento será destinado a empreendimentos residenciais do bairro Capela Velha. O projeto total do município contempla investimento de mais de R$ 1 milhão também até 2018.

Na Região Metropolitana de Curitiba, o projeto que contempla os municípios de Quatro Barras, Colombo, Pinhais e Campina Grande do Sul receberá investimento de R$ R$ 5,6 milhões para a finalização das obras. Neste projeto foram executados 36,7 km de rede de distribuição de gás ligando os municípios.

Também estão previstas saturação e obras de relocação da rede de distribuição nas cidades que contam com a rede de gás canalizado e investimentos na área administrativa.