sobre_cpg_1.png

No total, mais 62 apartamentos migrarão para o uso do gás natural; entre as vantagens estão a segurança e o fornecimento contínuo

 

Na última semana, edifícios dos bairros Batel e Água Verde, em Curitiba, fecharam contrato para uso do gás natural. No total, serão mais 62 apartamentos com o combustível canalizado.

No Batel, os condomínios Casablanca e Residencial Carlos de Carvalho utilizarão o gás natural nos fogões e aquecedores e os dois empreendimentos contarão com a medição coletiva. No bairro Água Verde, o edifício Comendador Gilberto Bonvin fará uso do gás natural, além dos fogões e aquecedores, nas churrasqueiras dos apartamentos. Neste condomínio, a medição de consumo será individual.

 

Entre as vantagens para quem opta pela migração para o uso do gás natural estão a segurança - por apresentar densidade específica menor que a do ar, em casos de vazamento -, a dispersão do gás natural na atmosfera é mais rápida, reduzindo os riscos de acidentes, o fornecimento contínuo que elimina a preocupação do consumidor com estoque de combustível e, além disso, não é preciso destinar um local do edifício para armazenar botijões de gás, o que otimiza as áreas comuns do prédio. Outro ponto forte é a medição individual do consumo, com a fatura emitida em nome do cliente.

Já são mais de 20 bairros atendidos pela Compagas em Curitiba e a companhia também tem planos de expandir a rede residencial nos próximos anos. Para conferir o mapa completo da rede de distribuição da rede para o segmento, acesse: http://www.compagas.com.br/rede-de-distribuicao-de-gas.