industrial2.png

76 apartamentos contarão com o gás natural para atividades de cocção e aquecimento; áreas comuns dos condomínios também terão o combustível

 

76 apartamentos dos Edifícios Pegaso e Guaeca, localizados nos bairros Alto da Glória e Centro, respectivamente, em Curitiba, terão o fornecimento de gás natural. Os condomínios fecharam contrato com a Compagas para uso do combustível nas atividades de cocção e aquecimento (uso em fogões e aquecedores) em todas as unidades domiciliares e também nas áreas comuns dos edifícios.

Os dois condomínios passarão pelo processo de conversão do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para o Gás Natural e o início de consumo se dará após a ligação dos edifícios à rede de gás natural e a conversão de todas as unidades domiciliares.

Os novos clientes contarão em breve com todas as vantagens que o gás natural oferece, como a segurança e economia com praticidade. O gás natural, por apresentar densidade específica menor que a do ar, em casos de vazamento, a sua dispersão na atmosfera é mais rápida, reduzindo os riscos de acidentes. Além disso, o fornecimento contínuo elimina a preocupação do consumidor com estoque de combustível e não é preciso destinar um local do edifício para armazenar botijões de gás, o que otimiza as áreas comuns dos condomínios, e reduz o trânsito de caminhões que atrapalham o trânsito e os moradores. A Compagas ainda dispõe do serviço de débito automático nos bancos Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica e Santander.

Atualmente, a Compagas atende mais de 37 mil clientes do segmento residencial que juntos consomem em média 31 mil m³ diários de gás natural para uso em fornos e fogões, aquecedores, lareiras, secadoras e lava roupas, aquecimento de piscinas e pisos, entre outras ações.