sobre_cpg_1.png

Motoristas também ganham em maior rendimento e economia no abastecimento

 

Os veículos movidos com combustíveis alternativos tem se tornado cada vez mais comuns e o Gás Natural Veicular (GNV) é destaque quando o quesito é economia. Com 2020 se aproximando, no mês de janeiro é hora de pagar diversos impostos, inclusive o IPVA, e a conversão de veículos para o GNV é uma ótima oportunidade para ter desconto no imposto. No Paraná, a alíquota para usuários do GNV é de 1%, enquanto que para os veículos movidos a gasolina e/ou etanol é de 3,5%. “O desconto no IPVA é uma das principais vantagens para quem utiliza o GNV. Cabe destacar ainda o maior rendimento e a economia no abastecimento que atualmente pode chegar a 40%”, destaca o gerente comercial, Mauro Melara.

Para quem roda mais de 100 km por dia, e uma média de 2.500 km por mês, com o GNV a economia mensal no gasto com o combustível pode chegar a R$ 390 na comparação com a gasolina e a R$ 400 com o etanol, ou seja, uma economia de cerca de 40%(*). Menos poluente que os combustíveis líquidos, os veículos movidos a GNV rodam, em média, 13,2 quilômetros por metro cúbico (m³), quase o dobro de um veículo movido a etanol, que faz, em média, 7,5 quilômetros por m³. “O GNV é menos poluente e rende mais que os combustíveis líquidos, o que se reflete na redução de custos e contribui para o desenvolvimento sustentável”, destaca Melara.

Segundo a Compagas, qualquer veículo pode ser convertido para o uso do GNV - o custo para tal é de cerca de R$ 4 mil a R$ 5 mil. Cabe destacar que este investimento pode ser recuperado em poucos meses – no site da Compagas é possível fazer as contar no Simulador de Economia (http://www.compagas.com.br/simulador-de-economia-gnv).

Para garantir a segurança, a conversão deve ser realizada em uma das 15 oficinas do Estado que são devidamente credenciadas pelo Instituto de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Após a instalação, os veículos passam por uma inspeção técnica para receber o certificado de segurança veicular, necessário para regularizar a documentação junto do Detran e trafegar com segurança. 

Concessionária responsável pela distribuição do gás natural canalizado no Paraná, a Compagas fornece o combustível canalizado a 36 postos revendedores de GNV, localizados nas cidades de Curitiba, Campo Largo, Colombo, Paranaguá, Pinhais, Ponta Grossa e São José dos Pinhais, além de um em Londrina, que comercializa o gás fornecido pela GasLocal.

(*) Para o cálculo de economia, foram considerados os dados constantes no Levantamento de Preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, realizada no período de 01/11/2019 a 14/11/2019.