sobre_gn_1.png

Notícias

Desburocratização, regularização das habitações multifamiliares e segurança na instalação do gás natural foram os principais temas abordados

 

O tema “Segurança nas Edificações” foi o tema da palestra promovida pela Companhia Paranaense de Gás - Compagas, em parceria com o Corpo de Bombeiros, na última quinta-feira, 16 de agosto, durante a Feira de Imóveis de Curitiba, no Centro de Eventos da Fiep, em Curitiba (PR).

O evento iniciou com a fala do 2o Tenente do Corpo de Bombeiros, Gustavo Henrique Ferreira Alves, do 1o Grupamento de Bombeiros - Curitiba Sul. Ele abordou o programa de desburocratização e a regularização das habitações multifamiliares, com base na lei 19.449/18, que regula o exercício do poder de polícia administrativa pelo Corpo de Bombeiros e institui normas gerais para a execução de medidas de prevenção e combate a incêndio e a desastres.

Próxima etapa envolve negociação das propostas entre os ofertantes e as distribuidoras individualmente

A segunda etapa da Chamada Pública para aquisição de gás natural, realizada por cinco concessionárias que atuam nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e que são atendidas pelo GASBOL, foi concluída na última semana. Nesta etapa, as distribuidoras realizaram análises comparativas das propostas recebidas, considerando critérios quantitativos e qualitativos e que resultaram na definição dos ofertantes selecionados para seguir à terceira etapa, que envolve a negociação.

 

Diretores e profissionais ligados às áreas de Tecnologia e Sistemas da Informação de oito concessionárias de distribuição de gás natural do país estão em Curitiba, entre os dias 17 e 19 de julho, para discutir as funcionalidades e implantação do sistema GGás. O Fórum do Comitê Gestor do GGás acontece na sede da Compagas, na capital paranaense.

Compagas alerta para a utilização correta dos aparelhos a fim de evitar acidentes com monóxido de carbono

 O inverno chegou e deixar a casa quentinha e aconchegante pode se tornar um desafio. Por isso, durante a estação, o trabalho dos equipamentos a gás aumenta - afinal, nada melhor do que tomar um banho quentinho, relaxar em frente à lareira ou usar aquecedores para driblar o frio. Mas é preciso ter um cuidado redobrado com a instalação e manutenção destes aparelhos, principalmente durante os dias em que as temperaturas estão mais baixas.

Em junho, Compagas conquista marca de 1.000 prédios emais de 45 mil unidades residenciais com o gás natural

Llum é o 1.000º edifício atendido pela Compagas / Foto: Laguna

 

Conforto, segurança, praticidade, funcionalidade, lazer e sustentabilidade. Hoje, a preocupação com o meio ambiente e com os recursos naturais deixou de ser apenas uma tendência e se incorporou ao conceito de morar bem. Curitiba se destaca neste cenário - a capital paranaense concentra o maior número de edificações com a certificação LEED (concedida para construções sustentáveis) no Sul do Brasil, segundo dados do Green Building Council (GBC).

Dentre os itens que tornam um edifício “verde” está a eficiência no uso de energia e a escolha de soluções e tecnologias econômicas e que reduzem o impacto ambiental. E é por isso que um número cada vez maior de construções está optando pelo gás natural canalizado.  Em junho, a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) superou a marca dos 1.000 edifícios que utilizam o combustível, o que corresponde a mais de 45 mil unidades domiciliares com o gás canalizado. "O gás natural é um combustível mais econômico e sustentável, que vai ao encontro do que o consumidor, cada vez mais exigente e comprometido com o futuro do planeta, procura", revela Rafael Longo, diretor técnico-comercial da Compagas. A Companhia atua no segmento residencial desde 2002, com a ligação do Edifício Millenium, e a meta é, até o final do ano, chegar a 47 mil unidades residenciais atendidas pelo gás canalizado.