sobre_gn_1.png

Notícias

Com alta de 8,1% na gasolina, Gás Natural Veicular rende 50% e garante desconto no IPVA

 

 

 (Curitiba, dezembro de 2016) A Petrobras anunciou na última semana a elevação do preço da gasolina em 8,1%, o que, de acordo com a estatal, deve elevar o valor do combustível em R$ 0,12 para o consumidor final. Com o aumento, a economia para quem abastece com GNV passa a ser de cerca de 50%.

Pic Palladium Restaurante, Kinkan Panificadora e Bier Garten Cervejaria utilizarão gás natural para cocção de alimentos

 

No mês de novembro, a Compagas conquistou três novos clientes no segmento comercial: Pic Palladium Restaurante, Kinkan Panificadora e a Bier Garten Cervejaria. Os estabelecimentos, localizados em Curitiba, utilizarão o gás natural para a cocção de alimentos em até 90 dias, conforme cada contrato.

Economia, praticidade e fornecimento contínuo são as principais vantagens do uso do combustível nos empreendimentos residenciais

 

Mais 151 apartamentos da capital paranaense contarão com a economia, com a praticidade e com o fornecimento contínuo, comodidades oferecidas pelo uso do gás natural aos clientes residenciais. Os cinco empreendimentos que fecharam contrato com a Compagas são o Edifício Laureant, o Riverplate, o Cote D’or, o Park Tower e o Pátio Cabral. Localizados em diversos bairros de Curitiba, as unidades devem iniciar o consumo a partir do primeiro trimestre de 2017, conforme os prazos de cada contrato.

Economia, praticidade e fornecimento contínuo foram os benefícios ressaltados na apresentação da Compagas

 Síndicos da capital paranaense se reuniram no último sábado (24/11) no 3º Encontro dos Síndicos de Condomínio e Administradoras que apresentou mais do que serviços para condomínios. O evento teve o objetivo de demonstrar aos participantes as vantagens de produtos e algumas comodidades que facilitam o dia a dia da administração condominial. Neste cenário, a Compagas ressaltou todos os benefícios e vantagens do gás natural.

Só esse ano, 72 novos prédios mudaram para o gás natural em Curitiba. Além da economia, o combustível oferece segurança, dispensa armazenamento e a fatura pode ser individual

 

(Curitiba, novembro de 2016) Há sete anos, o síndico Marco Laureanti implantou o gás natural em dois condomínios administrados por ele em Curitiba, e em pesquisa constatou uma redução média de 30% na conta de gás dos dois residenciais. Os moradores, segundo ele, aprovaram a troca não só devido à economia, mas também à segurança oferecida pelo combustível e ao ganho de espaço comum no empreendimento. “Nunca houve um vazamento, isso dá confiança aos moradores. Eles ficaram ainda mais felizes porque ganharam espaço. Como não precisávamos mais manter cilindros ou tambores de gás, a área que era reservada para eles se tornou um bicicletário em um dos prédios e uma cozinha para funcionários no outro”.