residencial2.png

Notícias

A Compagas observou um aumento de 18,1% no volume de vendas para o segmento residencial no primeiro semestre de 2015

 

(Curitiba, julho de 2015) O consumo de gás natural pelo segmento residencial bateu recorde no Paraná. De acordo com a Companhia Paranaense de Gás (Compagas), no mês de junho, o volume de vendas do combustível para residências ultrapassou a marca de 22 mil m³/dia, um crescimento de 13,4% em relação ao mesmo período de 2014, colocando a Compagas como a terceira companhia do país em volume de vendas, ficando atrás somente das centenárias Comgás, de São Paulo, e da Gás Natural Fenosa, do Rio de Janeiro. Levando em conta o volume de gás natural fornecido a residências durante todo o primeiro semestre de 2015, o consumo foi 18,1% maior do que no mesmo período do ano passado, o que corresponde a uma média de 15.967 m³/dia.

Crise do setor elétrico e retomada de contrato com a Usina Elétrica a Gás de Araucária alavancou os resultados da companhia e elevou em quatro vezes seu faturamento

 

 

 Foto: Revista Exame

 

(Curitiba, julho de 2015) A Concessionária responsável pela distribuição de gás natural no Estado do Paraná, a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) foi a empresa brasileira que mais cresceu em 2014, devido ao incremento real das vendas líquidas. De acordo com a 42ª edição do Guia Melhores & Maiores, da revista EXAME, a Compagas passou da posição 960ª para 342ª no ranking das maiores do país. A conquista é resultado de um recorde em 20 anos de história da empresa, as vendas foram as maiores já registrado pela companhia e chegaram à média de 2.803.114 m³/dia, volume de gás que representa alta de 169% em relação ao comercializado em 2013, de 1.042.123 m³/dia. O incremento de mais de 1,7 milhões de m³/dia é explicado pelo contrato assinado com a Usina Elétrica a Gás de Araucária (UEGA) no valor de R$ 1,5 bilhões, para uso do gás natural na geração de energia elétrica. Como consequência, o contrato com a UEGA possibilitou à empresa o faturamento recorde de R$ 2,4 bilhões, valor cinco vezes maior do que o registrado em 2013, quando a receita bruta foi de R$ 480 milhões.

Combustível será utilizado para fins de cocção e aquecimento no Centro de Curitiba

 

O Hotel Elo fechou contrato com a Compagas para uso do gás natural nos sistemas de cocção e aquecimento. O hotel, localizado no Centro de Curitiba, deverá iniciar o uso do combustível canalizado em 120 dias, prazo necessário para execução de obras de adequação do estabelecimento e do ramal de ligação da rede de distribuição ao hotel. O contrato com o Hotel Elo foi firmado na primeira semana de julho pela Gerência de Vendas Urbano da Compagas.

Município da região metropolitana de Curitiba tem potencial para expandir consumo de gás natural

 

Nos próximos dias 10, 11 e 12 de julho, a Compagas marca presença na Festa do Pinhão de São José dos Pinhais com um estande na área de expositores do evento. Na ocasião, a companhia reforçará aos visitantes os benefícios e vantagens do uso do Gás Natural Veicular (GNV) com a distribuição de folders explicativos sobre o segmento.

São José dos Pinhais conta com o gás natural desde 2000, atualmente seis postos de combustíveis comercializam o GNV, a frota de veículos da cidade que consomem o combustível é de cerca de 2,6 mil carros e a Compagas acredita que esses números podem aumentar, pois as vantagens do GNV vão além da economia no abastecimento.

Mais de 300 pessoas participaram do ciclo de palestras realizado durante todo o mês de junho

 

Durante o mês de junho, a Compagas realizou um novo ciclo de palestras do Programa de Prevenção de Danos por Ação de Terceiros na Rede de Distribuição de Gás Natural. As apresentações foram realizadas por engenheiros e técnicos da Gerência de Operações da companhia e aconteceram em sedes do Corpo de Bombeiros, na Copel, na Sanepar e na Carcereli (contratada Sanepar) para orientar sobre os procedimentos de segurança para escavação em locais próximos a uma rede de gás natural.