sobre_cpg_1.png

Notícias

Contrato com a empreiteira foi assinado na primeira semana do mês de março

 

(Curitiba, março de 2016) A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) assinou na primeira semana do mês o contrato com a Thompson e Azevedo & Cia Ltda, empresa vencedora de licitação para executar as obras da linha tronco da rede de distribuição de gás natural que irá atender o segmento residencial em Ponta Grossa. Ao longo de 2016, o investimento da Compagas nesse projeto será de mais de R$ 3,4 milhões, para cumprimento das obras da primeira fase. O investimento nessa expansão será de aproximadamente R$ 5 milhões para a construção de 7 km de rede, até 2017.

O início das obras está previsto para o mês de abril e, com este projeto, Ponta Grossa se consolida como a segunda cidade do Paraná a ter abastecimento residencial urbano de gás natural, depois de Curitiba. O fornecimento a partir desta rede para as unidades residenciais está previsto para 2017.

Combustível será utilizado nos fogões, em aquecedores e nas churrasqueiras

 

Mais 89 apartamentos dos Edifícios Gomes Andrade, Guaporé, Andy Wahrol e Chateau Monarc utilizarão o gás natural em fogões, aquecedores e 14 deles contarão com o combustível também na churrasqueira. Os empreendimentos que fecharam o contrato na última semana estão localizados nos bairros Cristo Rei, Água Verde, Bigorrilho e Mercês, na capital paranaense.

 

Três condomínios da capital paranaense fecharam contrato com a Compagas

 

Três condomínios da capital paranaense fecharam contrato com a Compagas para uso do gás natural. No total, serão mais 141 apartamentos que contarão com o combustível para atividades do dia a dia, como cocção e aquecimento.

 

No bairro Água Verde, está o Edifício Cassiana que contará com medição coletiva. O Terrase Style, localizado no Cabral, contará com medição individual e o consumo de gás se dará não apenas nos apartamentos como também no salão de festas e na cozinha dos funcionários do condomínio. No Grand Palais, no Batel, os moradores dos mais de 90 apartamentos poderão usufruir de toda a comodidade do gás natural e do conforto que ele oferece nas unidades residenciais, no salão de festas e também no aquecimento da água da piscina do empreendimento.

 

No segmento residencial, o gás natural pode ser utilizado ainda em secadoras, lareiras, churrasqueiras e aquecedores de ambiente. Além disso, oferece conforto, comodidade e praticidade. Com o fornecimento contínuo não há necessidade de estoque ou acúmulo de combustível, o que possibilita o aproveitamento de mais espaços nas áreas comuns dos condomínios e, por apresentar densidade específica menor que a do ar, em casos de vazamento, a dispersão do gás natural na atmosfera é mais rápida, reduzindo os riscos de acidentes. Saiba mais sobre o segmento residencial em http://compagas.com.br/index.php/residencial.

 

Contratos foram firmados na primeira quinzena do mês de fevereiro

 

Mais dois contratos foram firmados na primeira quinzena do mês de fevereiro e, com isso, os estabelecimentos Hotel Slaviero e Garagem Burger passaram a integrar a carteira de clientes do segmento comercial da Compagas.

O Hotel Slaviero está localizado no Centro de Curitiba e fará uso do gás natural para cocção e aquecimento. A previsão é que o início de consumo se dê em um prazo de 120 dias. O Garagem Burger também deve iniciar o uso do gás natural neste mesmo período para a cocção de alimentos. O estabelecimento tem endereço no bairro Bigorrilho.

Com estes novos clientes, a Compagas passa a atender mais de 430 estabelecimentos comerciais com o gás natural no Paraná, que juntos consomem, em média, mais de 14 mil m³/dia do combustível.

Rosangela Pescados fará uso do combustível para a cocção de alimentos

 

A loja Rosangela Pescados instalada na Mercadoteca, em Curitiba, fechou contrato com a Compagas para uso do gás natural. O estabelecimento comercial especializado em peixes frescos e frutos do mar utilizará o combustível para a cocção de alimentos. O início do fornecimento será imediato.