veicular2.png

Notícias

Neste ano, a companhia recebeu a terceira colocação na categoria Governança Corporativa

A Compagas conquistou a terceira colocação na categoria Governança Corporativa do II Prêmio Petrobras de Reconhecimento às Companhias Distribuidoras de Gás Natural pela Excelência em Gestão. A cerimônia de entrega do Prêmio Gestão CDL aconteceu no último dia 25, no auditório da Petrobras no Centro do Rio de Janeiro. Participaram do evento, como representantes da Compagas, o diretor técnico-comercial, José Roberto Gomes Paes Leme, o gerente de vendas Industrial, Grandes Clientes e GNV, Justino Pinho, e o gerente de Saúde, Meio Ambiente e Segurança (SMS), Marco Aurélio Biesemeyer.

Lanchonete utilizará o gás natural a partir do segundo semestre

 

A Lanchonete WTF fechou contrato com a Compagas para uso do gás natural para a cocção de alimentos. O estabelecimento, localizado no bairro Batel, na capital paranaense, iniciará o consumo a partir do segundo semestre do ano. O contrato foi viabilizado pela Gerência de Vendas Urbano da Compagas.

Gás natural será utilizado por mais 71 apartamentos para cocção e aquecimento

 

Na última semana, três condomínios fecharam contrato: o Torremolinos, o Sabará e o Portland Park. No total, mais 71 unidades domiciliares utilizarão o gás natural para cocção e aquecimento. Os edifícios estão localizados nos bairros, Água Verde e Batel, em Curitiba.

Contrato com a UEGA possibilitou à empresa o faturamento recorde de R$ 2,03 bilhões, valor cinco vezes maior do que o registrado em 2013

 

(Curitiba, março de 2015) No ano em que completou 20 anos de fundação, a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) atingiu uma conquista histórica. O resultado de vendas foi o maior já registrado pela companhia e chegou à média de 2.803.114 m³/dia, volume de gás que representa alta de 169% em relação ao comercializado em 2013, de 1.042.123 m³/dia. O incremento de mais de 1,7 milhões de m³/dia é explicado pelo contrato assinado com a Usina Elétrica a Gás de Araucária (UEGA) no valor de R$ 1,5 bilhões, para uso do gás natural na geração de energia elétrica. Como consequência, o contrato com a UEGA possibilitou à empresa o faturamento recorde de R$ 2,03 bilhões, valor cinco vezes maior do que o registrado em 2013, quando a receita bruta foi de cerca de R$ 480 milhões.

Estabelecimento utilizará gás natural a partir de julho para aquecimento e cocção

 

 

 

O Restaurante Bom Strudell utilizará o gás natural a partir de julho para a cocção de alimentos e aquecimento. O contrato foi firmado na última semana entre o estabelecimento e a Compagas através da Gerência de Vendas Urbano (GVU).