sobre_gn_1.png

Notícias

Resultado foi conquistado no mês de outubro

 

(Curitiba, novembro de 2016) A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) completou, em outubro, a marca de 35 mil consumidores atendidos com gás natural no Paraná. Somando todos os segmentos em que atua, a Compagas tem hoje 34.749 consumidores do segmento residencial, 451 estabelecimentos comerciais atendidos, 165 clientes do industrial, 36 postos atendidos no segmento veicular e uma usina termelétrica, a Usina Termelétrica a Gás de Araucária (UEGA).

Gás natural será utilizado em fogões, fornos e aquecedores dos estabelecimentos

 

Mais três estabelecimentos comerciais instalados na capital paranaense fecharam contrato com a Compagas. O My Restaurante, a Pizzaria Domino’s – Portão e a Mary Ann Apple Factory utilizarão o gás natural em suas atividades comerciais de cocção e para aquecimento.

Edifícios Verona, Costa Esmeralda e Vila D’Oro terão gás natural nos fogões e aquecedores das unidades

 

Em busca de mais praticidade, economia e segurança, mais três empreendimentos residenciais de Curitiba, localizados nos bairros Portão, Bigorrilho e Cabral, fecharam contrato com a Compagas para uso do gás natural nas atividades do dia a dia. Os Edifícios Verona, Costa Esmeralda e Vila D’Oro somam 103 apartamentos que terão o combustível canalizado nos fogões e aquecedores.

Gás Natural Veicular chega a render 50% mais e ainda garante desconto no IPVA dos veículos

 

(Curitiba, novembro de 2016) O efeito da redução do preço da gasolina nas refinarias da Petrobras ainda não foi notado pelos consumidores paranaenses e o Gás Natural Veicular (GNV) continua sendo a opção mais competitiva. A economia para quem abastece com GNV chega a quase 50% e os motoristas ainda tem desconto no IPVA. Para os carros movidos a gás natural o custo do imposto é de 1% sobre o valor do veículo, perante os 3,5% do valor sobre os veículos movidos a gasolina e/ou etanol.

Casa das Massas Cicinielli, Panificadora Mannah e Lavanderia Batel devem iniciar consumo de gás a partir de 120 dias

 

A Compagas conta com novos clientes no segmento comercial. A Casa das Massas Cicinielli, a Panificadora Mannah e a Lavanderia Batel fecharam contrato com a companhia para uso do gás natural em suas atividades no mês de outubro e devem iniciar o consumo do combustível em um prazo a partir de 120 dias.

Compartilhar